Malu Pizzatto é, definitivamente, uma pequena notável!

Em sua estreia na Globo, a atriz chama atenção ao viver o drama da gravidez na adolescência em Malhação e confessa que no passado sofria de baixa autoestima

Por Tatiana Ferreira

Malu Pizzatto de Malhação | <i>Crédito: Fotos: Ieda Ribeiro/Divulgação
Malu Pizzatto de Malhação | Crédito: Fotos: Ieda Ribeiro/Divulgação
A participação de Malu Pizzatto em Malhação – Pro Dia Nascer Feliz começou de forma bem sútil. Uma cena ali, outra aqui. Mas, em cada uma delas, a jovem de 20 anos se empenhava. E o talento e carisma despertaram a atenção das câmeras. Martinha, sua personagem, ganhou uma trama própria e, mais do que isso, uma função social na atual temporada. A adolescente se descobre grávida após sua primeira transa. “Espero que esse trabalho mostre para as meninas jovens as consequências de engravidar tão cedo, para que elas se previnam. Quero gerar consciência sobre a gravidez na adolescência, mas também quero que as mães jovens se identifiquem. Quero representar a história delas”, afirma a atriz, que faz sua estreia na Globo. 

Diferentemente da ficção, filhos ainda estão longe dos planos de Malu, que é categórica ao se imaginar no lugar de Martinha: “Não faço a menor ideia de como eu reagiria se acontecesse comigo”. Nos últimos tempos, ela viu sua vida mudar completamente. Há dez meses, ela mora sozinha em um apartamento na Barra da Tijuca, zona oeste carioca. O processo foi natural. A atriz se mudou para o Rio a fim de se dedicar à carreira em 2012. Na ocasião, a mãe veio acompanhando, mas sempre indo e voltando para o Paraná. “Fui me adaptando aos poucos. Minha mãe viajava muito para ir ao encontro do meu pai. Quando fiquei definitivamente sozinha, não foi aquele monstro de sete cabeças”, diz a jovem, que ressalta o lado bom e o ruim de estar sendo dona do próprio nariz pela primeira vez na vida: “O bom é poder fazer seus horários, suas vontades sem dever satisfação a ninguém. Dentro da minha casa, eu sou rainha (risos). O lado ruim, são as louças. Odeio ter que lavar louças”.  

No passado, a atriz se incomodava com a sua forma física: “Sempre fui gordinha.”

Solteira no Rio de Janeiro
Enquanto Martinha vive um amor não correspondido com o pai de seu filho, Lucas (Bruno Guedes), Malu afirma estar solteira. “Não procuro alguém para ocupar o posto de namorado”, frisa a atriz, que não viu o número de paqueras aumentar após a fama. “Não percebi diferença (risos). Acho que não aumentou e nem diminuiu, segue no ritmo de sempre. Mas também sou muito desligada, às vezes, a pessoa está me paquerando e não percebo”, completa. O assédio dos fãs, aliás, ainda é algo que Malu está se acostumando. “É um pouco estranho ser reconhecida na rua. As pessoas me olham e perguntam: ‘Você é a menina que está grávida, não é?’ Acho isso o máximo, mas ainda fico sem jeito, não sei muito como reagir”, fala. 

Malu mora no Rio desde 2012

Lição de autoestima
Se atualmente tudo vai bem na vida de Malu, no passado, assim como na ficção, a atriz se irritava bastante com sua forma física e precisou amadurecer para se aceitar como é. “Sempre fui gordinha e isso me incomodava. Tinha o pé atrás com o espelho. Se disser que não me incomodo mais, estarei mentindo. Entretanto, posso garantir que, hoje, eu aceito muito mais o meu corpo como ele realmente é. E aprendi a gostar dele”, confessa. Malu se preocupa mais com a saúde do que com a estética. Vegetariana, ela tem uma alimentação saudável. “Minha dieta é pensada para que não falte nenhum nutriente ou vitamina”, explica. Além disso, a atriz faz atividades físicas diariamente e pratica jiu-jitsu duas vezes por semana. Se Martinha tem uma lição para ensinar em Malhação, Malu não fica atrás. “É preciso aprender a amar a si mesmo, independentemente de querer mudar seu corpo ou não. O amor próprio deve vir em primeiro lugar”, enfatiza Malu. 

20/04/2017 - 17:55

Conecte-se

Revista Contigo!