Joana Balaguer volta às novelas, porém, em Portugal

Há três anos em Lisboa, a atriz reconhece que foi preciso dar uma pausa na carreira. Mãe de Martin, de 2 anos, por enquanto, ela descarta planos de voltar ao Brasil

Por Mariana Silva | Fotos Sergio Baia

Joana Balaguer volta às novelas brasileiras | <i>Crédito: Sergio Baia
Joana Balaguer volta às novelas brasileiras | Crédito: Sergio Baia
Mais de dez anos após viver uma das vilãs de Malhação (Globo, 2005), Joana Balaguer deu uma nova direção para sua vida. Aos 32 anos, casada com o empresário Paulo Miguel Palha de Souza, 35, e mãe de Martin, 2, ela interrompeu sua relação com os holofotes e mudou-se para Lisboa, em Portugal, onde se estabilizou há três anos. “Hoje me sinto realizada. Tanto no lado profissional, quanto no pessoal. Se meus próximos 32 anos forem assim, estarei muito feliz”, declara, em bate-papo com a CONTIGO! Tempo antes, Joana passou também por Moçambique, na África, e Sidney, na Austrália, e garante que em nenhum momento se arrependeu de suas escolhas. “Me adapto bem a qualquer lugar que vou. Era feliz no Brasil, assim como fui em Moçambique, em Sidney e também sou aqui. Tudo é experiência”, conta ela, que ainda mantém o típico sotaque carioca.
Já em solo português, a atriz se dedica ao projeto Cidades de Portugal, um site onde compartilha impressões e dicas sobre diversos pontos do país. “Decidi, de fato, conhecer Portugal. É um país pequeno, mas as pessoas não fazem ideia de quantos lugares maravilhosos existem aqui”, explica. 

Joana foi fotografada na LX Factory, em Alcantara, Portugal

Com mais tempo livre, as responsabilidades com a casa e com a família se tornaram seu foco. “Aprendi a me dividir bem. Sou mulher, mãe, profissional e há tempo para tudo. Tenho ajuda uma vez na semana, mas gosto de cuidar da minha casa”, afirma.
Longe dos fãs, ela ainda destaca o lado bom de não ser abordada nas ruas. “Todo artista gosta de ser reconhecido pelo trabalho, claro, mas é muito bom estar no anonimato e fazer tudo sem cobrança. Me lembro de uma vez em que fui em uma churrascaria no Rio e as pessoas olhavam meu prato para ver o que eu comia. Aqui é mais tranquilo, não existe tanto fascínio pelo artista como no Brasil. Se eu quiser sair de pijama, eu posso”, brinca. Quando questionada sobre voltar ao Brasil, Joana já tem a resposta na ponta da língua: “Penso em voltar ao Brasil um dia, sim. Às vezes, dá uma nostalgia. Mas agora estou com minha vida redondinha, trabalhando, e com uma certa rotina, então, nesse momento, prefiro estar aqui. Não tenho nada nos meus planos”, justifica.

“Todo artista gosta de ser reconhecido, mas é muito bom estar no anonimato e poder fazer tudo sem cobrança”, diz Joana

De volta com tudo
Engana-se quem pensa que Joana se desfez de sua veia artística. Recentemente, ela voltou à ativa na novela Amor Maior, no ar em horário nobre na emissora portuguesa SIC. Este é o segundo trabalho da atriz em Portugal. O primeiro foi em Lua Vermelha (2012). “Fiz uma pausa sabática para focar no Martin. Estava com receio, mas estou feliz em voltar. É o que eu amo fazer e estou com tudo!”, garante. Ao pensar no passado, ela ainda avalia as oportunidades que teve e reconhece o sucesso. “Malhação ficou muito marcada na vida das pessoas. Foi um sucesso, coisa de louco. Tenho um orgulho muito grande por tudo o que fiz”, relembra. 

Joana reconhece que está em sua melhor forma. “Nunca tive um corpo tão bom quanto tenho hoje”, diz

Profissão: mãe
Mesmo com todas as mudanças, nada se compara à emoção de se tornar mãe de Martin. “Sempre disse que meu primeiro filho seria um menino. Eu não poderia ser mais feliz, é a melhor coisa do mundo. Ele é meu parceirinho, meu xodó! Sinto que terei eternamente um fã”, declara. Ao lado de Paulo, com quem oficilizou a relação em 2011, ela celebra a leveza do casamento. “Meu marido é muito companheiro. Acredito até que a gente se ama mais que o normal, pois passamos o dia todo juntos. Ele trabalha em casa e, quando não está trabalhando, está comigo. Sei que posso contar com ele para tudo, quem dera todos os pais fossem assim”, defende. O casal já tem planos para aumentar a família em breve. “Estou louca para ter outro filho, mas acho que tudo tem seu tempo. Agora voltei a atuar, estou na correria. Acho que a hora que tiver que vir, vem. Ainda tenho tempo para engravidar de novo, mas quero ter uma família grande (risos).” 

14/04/2017 - 10:00

Conecte-se

Revista Contigo!