A volta triunfal do circo no filme Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood

Contigo! mostra os bastidores das filmagens, que tem no elenco Renato Aragão, Dedé Santana e Leticia Colin como protagonistas

Por Ligia Andrade / Fotos: Paprica Fotografia

Bastidores do filme Saltimbancos | <i>Crédito: Fotos: Paprica Fotografia
Bastidores do filme Saltimbancos | Crédito: Fotos: Paprica Fotografia
Respeitável público... O filme Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood chegou às telonas nesta quinta-feira (19). Garanta a sua pipoca e o seu lugar na fila! O longa de João Daniel Tikhomiroff é o 50º na carreira de Renato Aragão, um dos maiores nomes do cinema nacional. Apesar da marca impressionante, o comediante de 82 anos mantém a motivação de um iniciante: “Para mim é uma estreia. Vou começar uma nova fase no cinema. É um filme novo, que conta uma história diferente daquela de 1981. Os atores são outros, tenho certeza que o público vai adorar, deve atingir duas ou três gerações: pai, filho e neto. O neto ainda está descobrindo quem eram Os Trapalhões”, afirma. Na produção, Didi, Dedé e sua turma precisam criar novos números para salvar o Grande Circo Sumatra, que passa por dificuldades financeiras desde a proibição do uso de animais. Karina, filha do dono do circo, é interpretada por Leticia Colin, que forma o trio de protagonistas ao lado de Renato e Dedé Santana. “Trabalhar com o Renato foi engraçado, meio estranho. Não me acostumei a vê-lo fazendo o Didi. É louco ver na minha frente as piadas, os bordões, o jeito dele falar –está muito na minha memória. Foi o maior barato, assistir logo na primeira leitura, as piadas funcionando em um timing perfeito entre ele e Dedé”, recorda a atriz.

Livian Aragão, Roberto Guilherme, Leticia Colin, Emílio Dantas, Alinne Moraes e Dedé Santana em cena  

Sucesso no teatro
Uma das motivações para a produção do longa foi o sucesso do musical Os Saltimbancos Trapalhões, da dupla Charles Möeller e Claudio Botelho, que marcou a estreia de Renato no teatro em 2014. No filme, a trilha sonora composta por Chico Buarque, ganha novos arranjos e uma música inédita do compositor. “Aprendemos muito. Foi preciso refletir para converter isso em linguagem de cinema. Às vezes, dava vontade de olhar para a câmera. Aí, debatíamos: pode olhar, não pode olhar, ou sobre fazer o número cantando a plenos pulmões para que ficasse crível. Fomos vendo o que funcionava”, conta Leticia.

O diretor Tikhomiroff afirma que seu desejo era fazer um resgate da dupla Didi e Dedé. “É uma homenagem aos Trapalhões. Quis contar esta história para que as famílias brasileiras pudessem se deliciar novamente com Os Saltimbancos. Procurei fazer com todo o cuidado e a delicadeza que Renato merece e, ao mesmo tempo, resgatar esta história linda. Os Saltimbancos Trapalhões ainda reúne estrelas como Alinne Moraes, Rafael Vitti, Emílio Dantas, Livian Aragão, além da participação de Marcos Veras, entre outras. “Didi nasceu em um programa de TV em Fortaleza e é o mesmo desde sempre. As situações é que mudam. Hoje está no circo, mas amanhã pode estar na rua, em Los Angeles ou no Caminho de Santiago”, festeja Renato. 

Marcos Veras e Maria Clara Gueiros se divertem nos bastidores. Dedé e Didi vão tentar salvar o Grande Circo Sumatra da falência

Dedé observa o diretor João Daniel Tikhomiroff dando instruções para Leticia Colin, Roberto Guilherme, Nelson Freitas e Emílio Dantas 

19/01/2017 - 18:27

Conecte-se

Revista Contigo!